quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Me fu

Tudo bem com vcs?

Espero que sim, porque eu levei uma rasteira daquelas.

Explico melhor, aqui em Limeira City o povo tem mania de achar que o tradicional presta, eu sempre discordei até prestar o vestibular.

Quando prestei foi numa faculdade tradicionalíssima, e dei com os burros n´água.

Mas essa coisa de tradição fica pra outro post.

Quem me conhece sabe como foi duro driblar marido, filharada, e um monte de coisa pra poder provar que eu era capaz, que poderia passar, e fazer Jornalismo, trabalhar com assessoria de comunicação, me especializar, desviar o foco...

E teve briga, e teve porrada... é a mulher moderna SE FODENDO (desculpa mãe, sei que uma dama não fala besteira, mas tou muuuito puta!), porque tem que ser boa dentro e fora de casa e estar bonita, e cheirosa e sem celulite, e quer poder mostrar que ela é mais que Amélia... e tudo isso é difícil.

Os homens, por favor, não tenho nada, nadinha contra vcs, mas numa boa, é duro ser mulher. Vcs trabalham pra caramba, e pagam as contas das mulheres que fazem unhas e pintam seus cabelinhos, e se depilam, e tem TPM, mamma mia... ser homem não é fácil.

Mas a mulher administra um milhão de coisas, todas juntas ao mesmo tempo. Quem é casado, desculpa, bem casado, sabe que é verdade o que estou dizendo.

Aí, depois de todo o sofrimento, um dia antes da aula começar, me liga a nega da faculdade, dizendo:

- Karen, olha seu curso não fechou a turma, quer seu dinheiro de volta ou quer fazer Direito?

- Filha de Deus, como assim não fechou turma, não posso fazer Direito, quero ser Jornalista puta que pariu...

- Sinto muito... quer seu dinheiro de volta?

- Sim, sim, se não for fazer falta... - gemi.

Bom, e foi assim, meu marido dá pulos de alegria, é um cara feliz, dá pra ver pelos posts, engraçadinhos que ele faz. É um cara de bem com a vida. Agora.

E eu fico por aqui, me recuperando da ressaca do porre da vida.

Bye.

4 comentários:

Fábio Shiraga disse...

Karen, eu me divirto com teus posts. Mesmo um que tenha um título como este. rs. Desculpa, eu te entendo, você sabe, mas é engraçado. ;-)

Anônimo disse...

Adoreeeei seu blog, beijos vomarcia.blogspot.com

Luzinha disse...

kkkkkk
guria, desculpa, mas do jeito que tu escreveste, acabou ficando engraçado!

fruta que caiu, que zebra, não? e agora, guria!? que vais fazer?

bjus prá ti!

Deh disse...

Triste, né? A gente se decepciona com esse tipo de coisa mesmo. Anticlímax.
Seu post ilustra bem aquilo que eu falo: a gente ainda tem opções limitadas demais na vida, mesmo sendo mulher moderna - ou exatamente por ser a chamada "mulher moderna". O preço a se pagar é ter que administrar tudo ao mesmo tempo agora: casa, filho (no meu caso), trabalho e mais uma faculdade. Se quiser faz e se vira com tudo, se não quiser beleza.
Acho duro isso.
Bom, cheguei aqui via Biajoni e gostei muito do blog, vou voltar mais vezes!

Beijão!

Deborah- S. Carlos-SP