terça-feira, 2 de outubro de 2007

Espinafre


Um pouquinho da história da hortaliça:

Dizem que começou a ser cultivado na Pérsia, um rei do Nepal mandou a semente de presente para a China.

No século 7, quando os mouros invadiram a Espanha também começaram a espalhar a semente da hortaliça por todo o Novo Continente.

Sabem como é chamado pelos ingleses? Spanish vegetable.

A rainha da França Catherine de Médici, adorava tanto o espinafre, que mandou seus cozinheiros inventarem vários e vários pratos com ele.

E no século 20, aparece um marinheiro, o Popeye, que toda vez que se pegava em apuros, abria uma latinha de espinafre, ficava fortão, socava o Brutus e resolvia seus problemas...que inveja!

Em 2001, foi feito um estudo e cientistas perceberam que a proteína do espinafre absorve a luz, sendo assim, foi colocado em retinas de pacientes praticamente cegos que tiveram a visão recuperada parcialmente.

O espinafre protege a pele, o aparelho digestivo, é laxante, rico em cálcio e ferro, vitaminas A e B2, e tem pouquíssima caloria.

Procure ingeir vitamina C junto pra poder assimilar melhor os minerais.

Uma coisa interessante: tem gente que trata a anemia com espinafre por conter ferro, mas nem toda anemia é ausência de ferro, então, olho vivo, exames detalhados de sangue e uma boa conversa com um médico podem resolver isso. Da mesma maneira que é contra indicado pra osteoporose, mesmo contendo cálcio. Não se auto-medique.

O ferro é o mineral necessário para a fabricação de hemoglobinas (glóbulos vermelhos que levam oxigênio nas moléculas sanguineas). É essencial para a produção de certas enzimas, melhora a imunidade, e ajuda o fígado.

Importante: o ácido fítico encontrado no farelo do trigo e no arroz integral, pode inibir a absorção do ferro no organismo.

Outras fontes de ferro: folhas verdes, pão integral, melado, gema de ovo, frutas secas, tofu, lentilhas e grãos, cereais fortalecidos, e leite de soja.

Se seu filhote não gosta muito de folhas, tente fazer uma omelete, corte um queijinho coloque junto, ou pique bem pequenininho coloque um caldinho de feijão, faça uma farofa, faça bolinhos de arroz e coloque no meio, tem uma receita de bolinho de arroz bem legal aqui no blog.

Tente enganar, se você deixar a criança escolher o que quer comer, é claro que ela só vai querer açúcar, e a culpa não é dela.

Espinafre com raiz e tudo, fervido com água durante bastante tempo, pode curar ressaca e o alcoolismo, trata dor de garganta que dá quando se come muita gordura no verão, ensina Sonia Hirsch.

É isso! Beijos.
Fontes: Folha de São Paulo, Comida vegetariana para crianças, O manual do herói, Revista dos vegetarianos.

4 comentários:

Fábio Shiraga disse...

Minha mãe sempre usou este desenho animado para me forçar a comer espinafre, mas nunca me convenceu. hehehe...

Karen, o festival de tempurá tá de pé, mas este sábado agora eu tenho um ensaio com o pessoal da Oficina de Cinema e não vou poder. Teremos que marcar para uma outra semana. :-/

O almoço tava jóia mesmo!

Nuvens de palavras disse...

Ah, Karen... Espinafre?! Prefiro brócolis, couve-flor, beterraba, mas espinafre!? Blah!

Karen B.B. disse...

Ih,parem de reclamar, hahaha!
Peraí, um espinafre bem feitinho, bicho, vai bem com tudo, é gostoso pra caramba...

Vivien Morgato : disse...

Eu gosto. E tenho a sorte de ser mãe de um fulaninho que adora folhas, legumes e coisas boas.
beijos.