quarta-feira, 22 de agosto de 2007

VIVER E MORRER


Uma pessoa me disse que além de vegetariana virei arrogante, vou começar explicando que não sou vegetariana, sou semi.

Leio, pesquiso, cozinho, tenho informações que às vezes, (às vezes, vamos deixar claro), que outras pessoas que não se focam só em comida sabem, isso faz de mim arrogante?

Minha cozinha virou meu "laboratório", não vou mentir, misturo ingredientes e temperos, testo, coloquei uns grãos feijão azuki pra brotar, comi e achei meio duro, vou testar com outro tipo de feijão agora. Amo comida.

Um casal de amigos veio pra um jantarzinho em casa, e conversamos sobre miojo, disse que não gosto, não compro e não faço porque não tem gosto de nada. Aí me disseram que chegam cansados do trabalho e não dá vontade de cozinhar, não tem ânimo pra nada, e eu entendo, sinceramente, mas acho que o amor ao corpo tem que ser maior que a fome. (Fui arrogante de novo?)

Sexta-feira fui fazer massagem pra ver se essa dor nas costas têm fim... e conheci uma senhora muito simpática e conversa-vai, conversa-vem, pro meu desespero, falamos sobre comida (claro), ela disse que nunca comeu sem carne, e que sem carne não existe refeição, disse que fiquei mais criativa depois que parei de comer carne, abuso mais dos legumes, grãos e verduras, que arrogância a minha...

Estava numa feijoada outro dia, e uma imbecil disse que enquanto fico com frescura de escolher o que como, tem gente passando fome. Perguntinha: se eu voltar a comer carne, acabarei com a fome do mundo? O que tem a ver uma coisa com a outra?

Tenho que comer tudo o que aparecer pela frente pra ser considerada normal? Me criticam porque não dou sorvete pras crianças, nem chocolate, nem entupo de balas e pirulitos, porque dou tofu e não leite de vaca, o tofu tem mais cálcio, só por isso...

A Lia come uva-passa e ameixa todos dias, ela chama de bala preta e adora. Que mal há nisso? Eu minto que ameixa é bala? E daí? Ela nunca comeu outra bala pra saber...

E o açúcar? Perguntam porque não coloco só um pouquinho, pra ficar docinho, ela acabou de nascer, não sabe o gosto do açúcar, que diferença faz pra ela?

Ouvi também que não sei se vou morrer amanhã, então que é melhor comer tudo, não me privar de nada.

A morte é inevitável, mas posso escolher como quero viver?

Tenho uma opinião sobre isso: vegetariano, semi-vegetariano, ou onívoro, isso é um detalhe, o importante é ser saudável... DE ESPÍRITO.

Cada pessoa tem o direito de fazer o que acha que é melhor pra si, é melhor cada um cuidar de seus próprios problemas, não arrumem mais o problema do outro pra você, o problema do outro é do outro, deixe cada um com o seu.

Ah, não abandonei o blog não, mas estou sem empregada, cuidando de tudo sozinha, e tenho tido pouco tempo de pesquisar e ler mais... tenham um pouco de paciência, adoro escrever, passar informação, não vou conseguir manter mais aquele ritmo, mas assim que for tendo novidades coloco aqui, ok?

10 comentários:

Belle Biajoni disse...

sempre venho aqui, mas comento muito raramente. Eu estou desatualizadissima no meu blog, mas nem porisso parei de ler os que eu gosto ;D
realmente concordo que o que vale mesmo é a nossa relação com nós mesmos, se achamos que somos mais felizes comendo carne, comeremos carne, se achamos que o não comer da carne é bom...então que se explodam as carnes; isso de que nao pode parar de comer carne porque e fonte de proteina e bla,bla,bla... não me conformo, TUDO podemos substituir ;D

To com tigo e não abro, e se estivesse aí tentaria fazer essa dieta com voce.

saudades

fezoca disse...

eh muito duro ser fora do padraozao em alguns lugares, como o Brasil... eu ouvi muita critica, desde sempre. deu pra encher.

miojo nao eh comida de gente cansada. salada de tomate bem temperada com uma fatia de pao tostado eh que eh comida de gente cansada. ;-)

ao meu ver voce esta certissima. de uma banana--nos dois sentidos, pra esses criticos e siga em frente. seus filhos vao te agradecer! :-)

um beijo,

Karen B.B. disse...

Que amores... obrigada. Sei que peguei pesado mas ando meio puta com isso.
Um beijo meninas.

Sandra disse...

Manda a pppiiiiii! Meu pai foi vegetariano por uns 200 anos e eu sei que não foi fácil.

Agora, coloca "sr." Biajoni para lavar louça, oras!

Não estressa que a gente fica aqui, te esperando.

Beijos

Flavio Prada disse...

Gostei muito do que li. Sò uma informação: comer (muita) carne tem relação com a fome no mundo sim. E com a poluição e destruição de matas originais. A criação de gado tem destruido florestas, ocupando terrenos antes dedicados a agricultura e usando e depois poluindo enormes quantidas de água. Não tenho os numeros de cabeça mas para se produzir um quilo de carne de boi sao necessários milhares de litros de agua a mais que pra produzir um quilo de legumes por exemplo. A questao do espaço ocupado também é desigual. Pra o mesmo quilo de carne se ocupam metros e metros a mais que para qualquer outra cultura. Sem contar que o peido da vaca é responsável pelo efeito estufa. Ao menos é o que dizem. Eu sou a favor do consumo de proteina animal, mas o desequilibrio - e isso é reflexo dos desequilibrios economicos no mundo- a que se chegou hoje é insustentável.

Cris disse...

Karen, passei aqui no seu blog hoje pela 1ª vez e gostei muito do seu texto, voçê tem toda a razão...ainda existem muitas pessoas que não entendem certas coisas...que acham que são manias, mas se todos fizessemos um pequeno esforço viveriamos num mundo bem mais saudável em todos oas aspectos!!!

Karen B.B. disse...

Flávio, quando chamei de imbecil a pessoa que disse isso, é porque a conheço e sei que ela não tem essa informação que você acabou de passar, ela é ignorante mesmo, não dá pra perder tempo explicando isso pra ela, nem tenho vontade, vou ser sincera. Um dos motivos que me fez parar de comer carne foi exatamente esse, você faz sua hortinha e planta árvores frutíferas no fundo do quintal e tem vitaminas, sais minerais, cálcio e outros nutrientes preciosos. Um beijo.

Alex Castro disse...

entendo bem tudo o que vc falou... tb fui vegetariano um bom tempo e agora soh voltei a comer carne ocasionalmente pra nao me estressar, mas no meu dia a dia, nas coisas que cozinho em casa, nao tem carne... soh acho que vc nao devia mentir pra lia, po! :) diz que uva passa eh uva passa e pronto...

Vivien Morgato : disse...

Karen: sou uma carnívora que precisa virar vegetariana...por motivos de saúde. Isso está me deixando louca, porque sempre "escorrego" na proteina animal, to viciada mesmo..
Vou aparecer por aqui pra pegar umas dicas com vc, bj.

Karen B.B. disse...

Alex, a Lia não sabe falar uva passa, só sabe falar bala, e você sabia que todo mundo chega perto de criança e vai perguntando se ela quer bala? Todo mundo faz isso, então achei melhor falar bala e não uva por enquanto...
Vivien, estou separando umas receitas aqui e te mando por e-mail.
Beijos.