sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

A conversa chegou na cozinha

Fiquei muito feliz ontem lendo uma matéria da Folha de São Paulo sobre a blogueira Julie Powell.

Julie resolveu botar em prática as receitas do livro "Mastering the Art of Freench Cook", da autora Julia Child.

E foi assim, cozinhando e contando as experiências na cozinha que Julie ficou conhecida e admirada pelos amantes de comida francesa.

O mais legal de tudo isso é que o blog virou livro e leva o nome de "Julie & Julia" e também será adaptado pro cinema.

O roteiro será de Nora Ephron, de "Harry e Sally", e Meryl Streep fará o papel de Julia Child.

A Folha também indicou outras blogueiras cozinheiras como: Neide Rigo, Fernanda Guimarães Rosa, a Fezoca que leio e sou fã, e a chef Juliana Aguiar.

Fico contente em falar sobre o assunto porque acho que finalmente estamos voltando às origens, alguns de nós pelo menos. Cozinhar é bom, é saudável, é terapêutico.

A correria do dia-dia faz com que as pessoas achem que comprar um lanchinho que vc deixa uns minutos no microondas é bom.

Esquecem que tem conservantes, corantes, e os produtos não são os que vc pode escolher, apertar e cheirar como vc faz na feira ou na horta.

E os congelados não tem o seu toque especial, nem sua cara, onde se perde toda a magia e o encanto de comer.

Beijos, e cuidado com o que vc enfia na boca.

12 comentários:

fezoca disse...

Karen, o livro da Julie eh muito divertido! Beijaoo pra voce, tambem sou sua fan. ;-**

Biajoni disse...

o blog da julie não abre.
acho que não tem aquele tracinho.
:>/

Karen B.B. disse...

Fezoca, deixa disso, hahaha! Beijo.
Biajoni vc só vem aqui puxar minha orelha. Não tinha tracinho mesmo, mas copiei do jornal assim, desculpa.

Vivien Morgato : disse...

Karen,acho que é um resgate cultural mesmo. Perceber o quanto de magia,de encanto tem em cozinhar é algo que nossa geração conseguiu resgatar.
Quanto a sua última frase,juro que eu iiiiaaaa comentar,mas como sou uma mulher muiito pudica,nada direi.;0)

valter ferraz disse...

Karen, já pro fogão, oras!
Beijo, menina

Karen B.B. disse...

Vi, a última frase foi pra quebrar o gelo, o texto tava muito sério, não combinava com um texto meu, hahaha!
Valter e por acaso eu faço outra coisa além de esquentar minha barriga no fogão e esfriar no tanque? Karen que é mulher de verdade!

Claudia Lyra disse...

Karen, eu adoro cozinhar. Mas descobri que não tolero ajuda. Sabe o que gosto mesmo? De cozinhar com as pessoas sentadas, me olhando, todo mundo bebendo e conversando... isso é uma delícia!!!

Ps - Vivien, acabei de descobrir que temos a mente igualmente impura... huahuahuahauhaua...

Vivien Morgato : disse...

Clau,nossa amiga agora táq escrevendo blog erótico....rs
Então vai uma historinha:

Fila de farmárcia,mulher e criança esperando a vez.A criança vê preservativos e pergunta o que são.Depois de um silêncio aflito,a mulher diz:
- Bala!
Risadas do homem atrás da fila e vermelhidão da mãe retardada.
beijos.

Karen B.B. disse...

Isso tá virando bagunça, e eu não vou mentir, adoro sacanagem! Hahaha!

Fábio Shiraga disse...

Um viva para as mulheres de verdade! ;-)

Karen B.B. disse...

Oi Japa! Saudade de vc... tudo bem por aí? Beijo.

Claudia Lyra disse...

Huahauhauahua... Vivien, sua história me lembrou um acontecido com meu filho mais novo, quando ele tinha uns cinco anos. Ele achou um preservativo na minha gaveta da cômoda e veio me perguntar o que era. Aí eu falei que era uma coisinha que papai e mamãe usavam pra não ter mais neném. E ele me perguntou assustadíssimo: mas você engole isso?!?!?!?! Ele via a tia dele tomando pílula anticoncepcional e achou que camisinha era pra engolir também, huahuahauahuahua...